RASPAS – Revista da Associação de Pesquisadores em Arte Sequencial

A ASPAS entende a arte sequencial como uma produção artístico-cultural que envolve uma narrativa própria da cultura contemporânea, traduzida descrita aqui como arte narrativa. Assim sendo, produções audiovisuais, televisivas, cinematográficas e literárias, bem como seus derivados (mitologias e miscelâneas diversas), tornam-se objeto de interesse de pesquisa em seu sentido lato, isto é, dentro do espectro da chamada “cultura pop” ou “cultura de massas” tais como charges, cartuns, caricaturas e outras formas de expressão gráfica que venham a se originar ou mantenham uma relação proximal com as histórias em quadrinhos (cinema, desenhos animados, fotonovelas, etc.).

A ênfase reside, entretanto, nas histórias em quadrinhos como objeto primeiro da ASPAS, dada a trajetória de seus pesquisadores-mor, a própria história das histórias em quadrinhos e a transposição de suas narrativas e de seus personagens para outras mídias, tornando-se, por vezes, nesse sentido, um fenômeno transmidiático.

A proposta da ASPAS tem por aglutinador seu objeto, sendo, por isso, um espaço livre e interdisciplinar desde sua concepção. Em seus princípios gerais, entende que são justamente as diferentes perspectivas das diversas áreas do conhecimento que possibilitam a melhor compreensão de um todo imiscuído na vida cotidiana.

Notícias

 
Nenhuma notícia publicada.
 
Outras notícias...