O Mundo Vivido e a Impotência da Consciência

Roy Panik

Resumo


O mundo vivido é a nossa vida cotidiana. Trabalho, lazer, relações pessoais, locomoção, alimentação, sono e outras atividades diárias. Nós fazemos essas coisas sem pensar, na maioria das vezes. Muitos de nós fazem reflexões sobre algumas dessas atividades. Os sociólogos do trabalho, os ergonomistas, os gerentes de produção, entre outros profissionais, fazem estudos, pesquisas, análises, sobre o trabalho, para ficar apenas em um exemplo. A produção cultural da humanidade sobre o trabalho (e sobre as demais atividades cotidianas) é enorme. O funcionamento da sociedade como um todo já foi objeto de dezenas de teorias, análises, reflexões. E, no entanto, estamos no mesmo lugar: no mundo vivido. Haverá, então, uma “impotência da consciência”?


Texto completo:

Texto Completo

Apontamentos

  • Não há apontamentos.