Hiroshima e Nagasaki: A Impunidade do maior crime de guerra contra a humanidade

Rogério Beier

Resumo


Em Agosto de 1945, os Estados Unidos da América entraram para a história mundial por ser a primeira e única nação a despejar o terror atômico sobre enormes populações de civis. Com a II guerra mundial praticamente acabada e sem ter podido justificar o gasto de 2.6 bilhões de dólares no Projeto Manhattan (projeto de construção da bomba atômica), Harry Truman busca oportunidades para jogar uma, ou quem sabe até mais, de suas bombas envenenadas sobre cidades inimigas e demonstrar ao mundo o tamanho do poder que os Estados Unidos detinham na mão.


Palavras-chave


Hiroshima, Nagasaki, Crime, Impunidade, Estados Unidos

Texto completo:

Texto Completo

Referências


SCOWEN, Peter. O Livro Negro dos Estados Unidos. Rio de Janeiro: Record, 2003.




DOI: http://dx.doi.org/10.2322/rpo.v3i10.520

Apontamentos

  • Não há apontamentos.